Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O SEGURANÇA

Meu pai foi vitima de um assalto, e os assaltantes ameaçaram que voltariam a assaltar nossa família se ele não desse uma certa quantia em dinheiro, então meu pai colocou um segurança em nossa casa que quando eu ou minha mãe precisávamos sair tínhamos que sair com ele, foi ai que conheci o claudio um negro de um metro e oitenta musculoso e careca, pois o mesmo raspava a cabeça.



Nos primeiros dias ele mim levava no colégio e trazia de volta ate ai tudo bem, mas com o tempo foi tendo sonhos eráticos com ele onde mim via trasando com o mesmo eu branquinha e baixinha com um homem daquele, mas um dia minha mãe falou íamos passar o fim de semana na praia mas falei que tinha prova no colégio no sábado e tinha jogo do time de vôlei no domingo, ela perguntou se podia ficar sá e eu falei que sim, então ela avisou que o claudio o segurança ia ficar na casa pra fazer a segurança e eu sá sairia com ele. Falei tudo bem.

Na sexta a tarde meu pai e minha mãe foram a praia, a noite jantei e chamei o claudio para jantar comigo, conversamos amenidades e as dez fui dormir, mas não conseguia pois sá pensava naquele homem ali e eu com o tensão nas alturas, a meia noite como não conseguia dormi fui tomar um banho de piscina e resolvi tomar banho pelada pois já estava acostumada a tomar banho assim quando estava sá. Um pouco depois que entrei na piscina e olho de lado estava o claudio em pé na borda da piscina olhando para mim com a cara bem seria, foi ai que notei que ele estava com tensão em mim pois tinha se formado um grande pacote na frente de sua calça de moleton, então perguntei - aconteceu alguma coisa claudio? E ele falou - não e que ouvi barulho aqui na piscina e vim ver o quer que estava acontecendo aqui.



Neste momento já não me controlando mais de tesão saí da piscina e fui em sua direção pelada do jeito que estava e falei - é que eu gosto de tomar banho de noite sozinha, mas já que está aqui poderia me acompanhar.

Chegando em sua frente coloquei as mãos em volta do seu pescoço, me pendurei com as pernas em volta de sua cintura e dei o maior beijo que já dei em um homem. Ele me segurou com as mãos por baixo da minha bunda e depois foi esfregando aquele volume que mais parecia um cacete dentro da calça, soltei seu pescoço e fiquei de joelho em sua frente e fui baixando sua calça, quando passou do joelho que olhei para cima foi que vi aquela madeira preta e cheia de veias, fiquei admirando por alguns segundos e depois peguei com as duas mãos e ainda sobrava, comecei a chupar aquilo que mais parecia uma barra de chocolate, sá que muito mais gostoso. Quanto mais eu chupava mais ele ficava descontrolado e vi que o pau dele começou a inchar, foi ai que veio uma chuva de esperma, tentei engolir mais os jatos eram tão fortes que eu engolia um pouco e sobrava dois tantos do que eu engolia. Ele vendo eu engasgando com tanta porra tirou o pau para fora de minha boca e começou a se masturbar na minha cara, gozando mais uns cinco jatos de porra na minha cara, o que mim deixou banhada de porra.



Ele me pegou nos braços e mim levou ate uma mesa que tinha em frente a piscina, colocou-me em cima da mesa, abriu minhas pernas e começou a chupar minha bucetinha eu segurava na cabeça dele que passava sua língua que mais parecia uma lixa na minha buceta eu gozava arqueando minhas ancas em direção a sua boca quando ele viu que eu tinha gozado umas duas ou três vezes, ele ficou de pé em minha frente e começou a esfregar o pau na portinha da minha buceta abrindo os lábios e forçando cada vez mais pra dentro. Eu nunca que iria aguentar um cacete daquele calibre mais como tava em um estado de gozo permanente nem senti quando ele de um única estocada meteu o cacete pra dentro até topa no meu útero ficando ainda uma boa parte daquele pau do lado de fora. Eu sá conseguia emitir alguns gemidos de gozo, então ele foi aumentando as metidas cada vez mais rápido e mais fortes até que senti como se tivessem ligado uma mangueira dentro da minha buceta e uma torrente de porra começou a sair junto com meu gozo que também já saia em grande quantidade fazendo um barulho diferente dentro de mim.



Depois sá lembro de acordar com ele no meu quarto dando banho em mim e me colocando na cama e me cobrindo com um lençol, no outro dia acordei umas dez horas pois as catorze ia jogar e ele foi me deixar no ginásio onde fomos conversando sobre o acontecido e eu falei pra ele que queria muito mais quando voltasse pra casa, e aconteceu isto e muito mais.



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erótico esposa foi parar no hospital com a buceta sangrandocontos pornos gays nas dunascontos eroticos sobrinhosNovinha Bebi porra do meu amigo contochupando um suado conto gaycontos Recém casada traindo marido com dono da casamorando sozinho com irman gostosa contoAdoro ser estupradaSou gay e tranzei com um travest contos eroticoPeguei minha tia veridicocontos eróticos encoxada no ônibuscontos eróticos cheirando a bunda de mamãecontos eróticos comi minha amiga skatistacasada chantageada e submetida aos limites contos eroticosconto erotico cdconto mulata se vingaver filme porno com massagista se a susta com o tamanho da piroca do clientes e pede para tocar uma pueta e pede para ela bater um pueta ele goza na boca de delapura foi dar pra cavalo e acaba com a buceta estoradameu amigos me bateram e me fuderam conto gayContos eroticos de casadas safadas que traicontos eróticos meu marido insistiuMe comeram ao lado do meu namoradoSou casada mas bebi porro de outra cara contosEu contei para o meu marido que dei o cuwww.xconto.com/encestocontos eróticos o gringo roludoloirinha goatossa visos terriveis amarrada no pornocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaminha irmã no meu colo contiscontos eroticos sequestroContos mulher coloca silicone no peito e marido vira cornoconto inversao depilou meu cuflagrei todos fudendoelacomi minha irma q nei peitos tem ainda contoscontos eróticos cantada na rua não resisti e traícontos janaina safadinhaquero ler conto erótico de sogro f****** com a mãocontos cunhada currada e dandocontos eroticos de coroas dos seios caidoscontos eróticos e fetiches paguei boquete no meu irmãocontos eróticos coroas boqueteirasVI MINHA TIA SENDO FUDIDA POR DOTADO CONTOcontos er gozando na boquinhavídeo do sogro transando com sonora atrás da casa cheio de tesãonao tira papai deixa que eu vo gozarxvidio real meu primo mamado peito bicudo da minha mae negrajogadora de vôlei nua do Brasil pela tomando banhoContoseroticos pirralhas sapecasminha ex mulher virou puta da minha esposa conto eroticoContos eróticos entre parentescontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaconto.erotico abusada quando viu a calcinhaconto erotico casada comdp e fotoa diretora da escola me comeu no motel contos eroticos lesbicosa viuva amante conto eroticoconots eróticos zelador Alfredocontos erotico gostava de dar o cu na adolecenciameu irmao e meu dono bdsm contoconto erotico no hospitalmenina na punheta contoscontos eróticos esposa disfarçadocontos eroticos experiência inesquecívelpolicial peludo conto etoticodisvirginei a minha professora contos erodicoshttp://zoofilia deixei o dog meter na minha filha.contoscontos erotico de ninfeta dando a buceta pro tio dormindofoto de sexo conto eroticos da minha sobrinha pimentinha parti 1 comeram minha mae na minha frente contosCasada viajando contosContos fudendo elaconto erótico gay brincandoConto comeu minha esposa e eu não percebicontos gays chupei o vira lataminha noiva com porra dos macho pra mim contoscontos de sexo gostosa deu pra mim na a baladaconto de travesti comendo bucetacasa do conto erotico velhasPerdi meu cabaco o com meu pai e arrobado